Seja bem vindo ao meu espaço :)




terça-feira, 7 de julho de 2009

E QUANDO OS PAIS QUEREM QUE OS FILHOS SEJAM FUTEBOLISTAS?

alguns dias atrás, depois de um jogo num torneio, tive o prazer de conhecer um dos comentadores deste blog que já tinha curiosidade em conhecer. Como é óbvio o tema de conversa foi sobre futebol, onde surgiu este assunto e que escolhi hoje como tema.
Nos dias de hoje com a dimensão que o futebol atingiu em termos financeiros tornou-se a profissão mais apetecível para muitos pais que vêem nessa profissão o futuro dos filhos.
Basta ver as imensas academias de futebol que nascem em todo lado onde os pais fazem enorme sacrifícios para manterem os seus filhos esperando no futuro que sejam Figos, Rui Costa, Cristiano Ronaldo ou muitas vezes eles próprios tinham esse sonho de serem estrelas do futebol e não conseguiram e agora pressionam os filhos para que aconteça, muitas pais vivem uma segunda vida na pele dos filhos.
Quem conhece a realidade do futebol sabe que ao patamar mais alto chega um grupo muito restrito de atletas, e a dura realidade é que depois de enormes sacrifícios normalmente quando se chega a sénior ou até antes a grande maioria dos jogadores são dispensados e ficam-se pelas segundas e terceiras divisões e distritais e muita vez ouve uma parte que foi esquecida...os estudos!
A prática do desporto é importante mas deve ser os miúdos a decidirem que desporto querem praticar, e sabemos que muitas vezes são os pais que pressionam os filhos de modo inconcebível para a competição, confundem motivação com o seu próprio desejo de vitoria ou muitas vezes complexos de superioridade mal resolvidos.
Quantas vezes vimos nas bancadas pais a gritarem com os filhos, a darem-lhe ordens diferentes das que o treinador dá levando a que a criança se sinta pressionada sem sabe qual das ordens cumprir.
È importante não esquecer que o atleta não esta ainda na posse das suas capacidades maturacionais completas e que muitos se pudessem escolhiam outros desportos ou actividades.
Hoje paga-se para jogar futebol mas as maiores estrelas continuam a vir do futebol de rua onde impera a fantasia, a liberdade táctica, onde existe a paixão que muitas vezes é tirada pela formação em competição.
O importante é os jovens sentirem prazer em jogar futebol, é importante os pais não pressionarem os filhos a jogar futebol no sentido de virem a ser craques, a verdade é que nem todos chegarão ao topo mas todos no futuro serão homens inseridos na sociedade.

7 comentários:

COCACOLAARROTAAHH disse...

Plantel Sénior do Estrela já está cerca de 60% conlcuido, podem ver no site do Clube...

Sendo assim e vou dizer aqueles mais sonantes, Jair e Bonifácio renovaram, o campeoanto é do Estrela!!!

Força!!

A média de idades baixas ou vai manter-se ou baixar, pois foram promovidos pelo menos 6 juniores e é possivel q durante a epoca alguns outros juniores vão rodando nos séniores (pelo menos 3)...com isto e até agora mais duas contratações de valor, dois homens q conhecem bem o distrital, 1 deles as duas ultimas epocas foi campeão e este ano tb será pelo Estrela!!

Hehe
Força Estrela!!

3ª Divisão ai vamos nós!!

Caçador Furtivo disse...

Este é de facto um tema pertinente, cujos contornos, o João aqui expôs , de uma forma generalizada.
Não sendo eu um entendido em psicologia, seja em que área for, parece-me que o problema é bastante grave, onde as grandes vitimas serão sempre as crianças candidatas a futebolistas. Não só porque são empurradas para uma modalidade que provavelmente nem era a sua preferida, mas principalmente porque a sua esmagadora maioria está condenada ao fracasso, e inevitavelmente se vão considerar culpadas de não conseguirem cumprir os desejos do pai, e mais grave ainda, vão pensar que não servem para nada.
Os grandes culpados são, em primeira instância, os pais, que pretendem ver nos filhos a compensação para os seus fracassos e frustrações pessoais, sem se aperceberem da factura que os vão obrigar a pagar.
São também culpados os midea, que em vez de de se preocuparem com os problemas reais do Mundo, continuam a fabricar ídolos e a idolatrar outros, como foi evidente nos últimos dias, com o tratamento dado a C.Ronaldo e a Michael Jackson.
Espero sinceramente que a nossa sociedade tenha um pouco mais de bom senso, e em vez de sonhos de grandeza, se preocupe mais em criar códigos de honra, e valores elevados, sempre no sentido da, fraternidade, igualdade, liberdade e solidariedade humanas.

Filipe Velez disse...

Caro João
Pela primeira vez vou escrever no seu blog, para mim tornou-se uma passagem obrigatoria diariamente pelos seus conteudos e especialmente a terça em que aborda um tema, desde ao nivel do treino até ao que se passa em redor do futebol.
Nota-se a sua paixão pelo futebol em cada palavra que escreve, noto que sendo um treinador onde é imperativo regras é um treinador que é proximo dos jogadores e sabe respeita-los.
Quanto ao tem...sem duvida muita coisa terá ficado por escrever mas a intençao certamente passará por não colocar um texto demasiado grande.
Concordo consigo nos topicos que referiu, acrescento que existe muitas familias em dificuldades mas que não abdicam de levar os filhos para uma academia tendo problemas financeiros, tudo isto na esperança que venham a ser estrelas de futebol.
È errado e mesmo criminoso a pressão que se coloca sobre miudos, não pela pratica do futebol em si ou outro desporto, mas pela obrigaçao com que se pratica esta modalidade.
Como diz...estes candidatos a atletas vão ser homens no futuro e da sua formação dependerá a sua personalidade, o seu caracter e quando não se consegue chegar aos objectivos que outros criam poderá ficar uma enorme frustação que marcará a sua vida.
Espero que continue a abordar estes temas e que apareça um bom projecto pois sem duvida lhe vejo grandes capacidades de liderança.


PS ) só uma nota, parabens pela escolha da licenciatura, sem duvida muito util para quem é treinador! tambem sou licenciado em psicologia mas clinica.
Abraço

Diogo de Melo disse...

Who Will be Better in Madrid?
Káka-Ronaldo-Benzema?????
Coment and vote on the BEST BLOG ever....
www.blogbestthings.blogspot.com/

Joao Prates disse...

Caro Felipe Velez obrigado pelas suas palavras, como diz este blog surgiu da paixão que tenho pelo futebol e concordando ou não com as minhas ideias é sempre importante a troca de opiniões.
Da minha parte espero que continue leitor e que continue a comentar!
abraço

Carlos Rodrigues disse...

Mais uma vez um excelente tema como tu nos tens habituado.
Nada tenho contra as academias mas considero que são uma ostentaçao, como ja aqui foi dito muitas familias vivem serias dificuldades financeiras mas fazem sacrificios, as vezes de necessidade basica como alimentação, vestir, para poder ter os seus filhos nas academias na esperança que consigam ser novos ronaldos e esquecem algo importante, a sua formaçao como homens.
Muita coisa haveria para dizer, mas seria longo o comentário, apenas deixo um conselho, deixem seguir os seus filhos os desportos que quiserem, numa primeira fase o divertimento, depois a competição mas sempre sendo escolha deles.

Luis Manuel disse...

já tudo aqui foi dito mas queria apenas acrescentar que não é pelo facto de se possuir dinheiro e freqyentar academias que se irá dar jogador como se comprova!
os bons jogadores tem lugar em todo lado e são os clubes que os procuram.
abraço