Seja bem vindo ao meu espaço :)




terça-feira, 4 de agosto de 2009

CRIAR OBJECTIVOS COMUNS

No inicio de cada época é comum ouvirmos falar em objectivos a treinadores, jogadores, dirigentes, etc...mas serão objectivos comuns?
Serão objectivos realistas?
No inicio dos trabalhos em que as aquisições se vão adaptando ao clube e ao conhecimento dos novos colegas, a parte psicológica assume extrema importância, com varias personalídades e caracteres dentro do balneário cabe ao treinador definir quais os objectivos do clube na temporada desportiva, se passa por ser campeão, ficar entre os quatro ou cinco primeiros, garantir a manutenção, seja qual for o objectivo terá que ser realista, os jogadores terão que sentir que é um objectivo realizável, caso contrário a motivação para o trabalho não será a apropriada.
Como treinador gosto de incutir desafios, objectivos difíceis mas possíveis de atingir, pois os jogadores quando sentem que esse objectivo é possível lutam para alcança-lo, mas sem duvida que o primeiro objectivo é conseguir que o grupo sinta o objectivo, como comum a todos.
Claro que também passa pelo aspecto individual, melhorar o rendimento por exemplo no passe, na recepção, cabeceamento, controlo da ansiedade que existe antes do jogo começar, são objectivos concretos que levam a melhorar o rendimento para que o resultado final se veja na equipa.
Deve existir sempre diferenciação entre um objectivo para o rendimento e um objectivo para o resultado, são situações diferentes e o rendimento é o mais importante.
Nunca podemos esquecer que os atletas são diferentes, logo temos que conhecer o seu perfil psicológico, podemos escolher objectivos individuais mais ambiciosos e outros mais moderados consoante o perfil psicológico do jogador.
A medida que os objectivos vão sendo cumpridos a motivação dos atletas cresce e a possibilidade de êxito será maior também!
« PARA SUPERAR AS DIFICULDADES, PRIMEIRO TEMOS QUE NOS MENTALIZAR QUE É POSSÍVEL E ENTENDE-LAS, DEPOIS A CAPACIDADE DE NOS SUPERARMOS PELO OBJECTIVO QUE PERSEGUIMOS FAZ O RESTO»

3 comentários:

Ricardo Antunes disse...

Boas tardes joão!
desde já dou-lhe os parabens pelo blog, apenas recentemente tive conhecimento dele mas desde logo passei a ser leitor e tive o cuidado de o ver desde o principio!
Não sou treinador de futebol, apenas jogador e já em fim de carreira mas sou um apaixonado pelo futebol e este blog é diferente da maioria dos blogues.
A curiosidade é sempre muito e li o seu texto com atenção e confesso que enquanto jogador as vezes custa sentir certas coisas mas nunca me preocupei muito com essas questões, no seu texto diz que deve existir sempre diferenciação entre objectivos para rendimentos e objecivos para resultados, porque essa diferenciaçao e porque considera o rendimento mais importante que o resultado?

abraço

Joao Prates disse...

Boas Ricardo!
primeiro agradeço as tuas palavras, como já disse várias vezes o futebol a seguir a familia é a minha paixão e este blog surgiu dessa paixão.
Quanto a questão que me colocas, normalmente o que ouvimos é que no futebol o que manda é os resultados e quando falo em objectivos de rendimento e objectivos de resultados existe diferenças entre eles, por ex no objectivo de resultados o seu exito não depende unicamente do que faz um atleta mas sim da actuação do resto dos atletas,quer da propria equipa quer do adversário, imagina que tens como objectivo ganhar 4 jogos seguidos e apenas ganhas 1, a confiança decresce e isso afecta tudo o resto enquanto defenires um objectivo de rendimento é o que o atleta pode melhorar e e evoluir para chegar ao resultado final, em suma é valorizar mais o que o atleta tem que fazer para melhorar do que esperar resultados, isso cria uma maior pressão e dessa forma incentivamos mais os atletas a superarem-se e a criarem um compromisso maior para atingir os exitos em termos de resultados.
Espero que tenhas entendido e mais uma vez obrigado
abraço

Ricardo Antunes disse...

Tudo bem joão!
segundo o que entendi preferes lancar desafio individuais de rendimento para conseguir chegar a determinado resultado!
confesso que nunca tinha visto as coisas dessa forma!mas tem razao de ser!
abraço