Seja bem vindo ao meu espaço :)




terça-feira, 1 de setembro de 2009

CRONICA Á JORNADA

O facto da jornada é a nova vitoria do Braga que mantém a liderança, um Braga a confirmar a organização e o crescendo enquanto clube, Hugo Viana a renascer.
Na luz uma goleada das antigas com hat-trick de Tacuara Cardozo que promete luta a Radamel Falcão pelos melhores marcadores, apesar da goleada os meus parabéns a Carlos Azenha, com menores valores em campo não estacionou o autocarro em frente a baliza, perdeu por muitos? é verdade...mas jogou o jogo pelo jogo e isso traz sempre vantagem ao futebol.
Sporting não jogou bem mas venceu e isso é o mais importante para a equipa de Bento, Liedson também regressou aos golos.
Mantem-se o elevado números de empates, a luta pelo ponto está ao rubro, foram mais quatro e ao fim de 270 minutos Guimarães e Leixões ainda não festejaram um golo.

10 comentários:

SLB4ever disse...

o benfica este ano surge como principal favorito não acha joão? este ano é tudo nosso!

Paulo Morais disse...

Acaba por ser bizarro dizer que o benfica é o principal favorito quando estamos perante um porto que tem provas mais que dadas, ainda não perdeu, está na liga dos campeões e em todas as frentes.

O FC.Porto já provou que é o clube português mais forte actualmente, principalmente porque o FC.Porto não vive só do plantel mas sim de toda a sua estrutura. Um plantel não dá titulos, é o que muitos ainda não perceberam.

A frase "este ano é tudo nosso" é dita sempre nos momentos em que o benfica está bem, quando cai um bocado essa postura transforma-se em assobios!

Um abraço e votos de sucesso
www.misterdefutebol.blogspot.com

Joao Prates disse...

Bem caro SLB4EVER, gostaria de ver o Benfica campeão mas para mim o Porto ainda é o principal favorito pelos mais diversoa factores, mentalidade enraizada de ganhar, organização superior, plantel estável sem preocupaçoes de sair e contratações não inferiores aos que sairem.

sócio disse...

Então mas o Luso este ano com sintéctico so vai ter juvenis e escolas ? só podem estar a brincar...era estas as mudanças????

Anibal disse...

Caro Paulo Morais, cada um de nós tem a opinião que tem, o que naturalmente apenas nos vincula a cada um de nós. Achar que o Benfica é o principal favorito, não me parece, longe disso, uma opinião bizarra.
Já não digo o mesmo, quando se diz que um plantel não ganha títulos. Então quem os ganha? só a estrutura?. Será que se põe o Presidente a avançado, o director desportivo a guarda redes, e os restantes dirigentes e treinadores a meio campo, e o guarda Abel a apanha bolas? ou está a falar de algum sistema que dispensa um plantel de qualidade, por ter outros meios?.
Note que eu não questiono se o Porto é ou não um clube melhor organizado ou dirigido com mais competência; apenas não entendo como se ganham títulos, se não for o plantel a dá-los .
É a minha modesta opinião.
Saudações desportivas.

Paulo Morais disse...

Não deve ter percebido o que quis dizer.

Todos os clubes têm um plantel e obvio que são os jogadores que ganham jogos. O que quis dizer com a minha analogia, foi pura e simplesmente que não basta ter um bom plantel e como exemplo claro disso temos o galáctico Real Madrid.
O Colectivo, a estrutura do clube e a organização são "ferramentas" fundamentais para o sucesso e para ganhar campeonatos.
O Benfica tem um plantel e ganha jogos, mas não tem uma estrutura (ou não tem tido) que mantenha o plantel a jogar no seu expoente máximo, a probalidade de haver uma quebra no ritmo do Benfica, é grande. E não digo isto por opinião minha, são factos e é o que o benfica tem demonstrado nos últimos anos. O ano passado o benfica ganhou bons jogos, mas perdia muitos que foram essenciais até para o 2º lugar.
Quando refiro que é bizarro dizer que o SLB é favorito, é simplesmente pelo facto de o FC.Porto ter mantido uma forte coerência nos últimos anos, não dando qualquer sinal de quebra de ritmo, o que não se pode dizer do SLB.
Eu também acho que o SLB desta época está diferente, mas dai até ser favorito em relação ao FC.Porto, tenho muitas dúvidas mesmo.

Como é obvio não é o guarda abel nas alas ou o treinador a meio campo, mas é o presidente, o treinador, os executivos e toda a organização do clube que dão condições para o plantel ter o máximo de rendimento e para o treinador desempenhar o seu trabalho como pretende.
Não é também o guarda Abel que vai para a televisão tentar fazer justiça no futebo, lançando polémicas e intrigas para o próprio clube, nem é o tesoureiro que permita que constantemente existam fugas de informação do balneário do clube.

Viu a entrevista do balboa ao jornal I? Isso jamais se passaria com o futebol clube do Porto. é ai que considero estar a grande diferença. Porque como é obvio uma entrevista destas desconcentra o plantel e respectivo treinador do objectivo principal.

Freitas disse...

Concordo com a analise do joão e acrescento que o campeão será o Porto ou o Benfica!
Contudo penso que o sporting ainda terá uma palavra dizer, bos discusão

Anibal disse...

Talvez não tenha percebido o que quis dizer, mas percebi o que disse textualmente:"Um plantel não dá títulos, é o que muitos ainda não perceberam."
Quanto ao Balnoa, não li a entrevista, mas sei que o Clube já lhe levantou um processo disciplinar, mas de certeza que ninguém lhe vai dar uma carga de porrada. Já o Adriano não teve a mesma sorte. Aliás, estou à espera que ponha a boca no trombone, como prometeu, o que seguramente fará apenas quando regressar ao Brasil, pois já conhece a "estrutura", tal como o P.Assunção, o Mourinho, o Adrianse, vários jornalistas, vereadores e ultimamente, até fotógrafos.
De facto existe uma grande diferença...

Paulo disse...

ehehe

Um abraço e bom favoritismo.
Já vi que isso é mais azia do que vontade de perceber as coisas e como eu não recebo nada por defender a organização e estrutura do Porto, vou me ficar por aqui.
Cada um com a sua justa opinião.
Como costumo dizer, no final voltamos a fazer as contas.

Um abraço

Anibal disse...

OK Paulo! Um abraço para si também.
A mim, o Benfica também não me paga, nem precisa. Ser benfiquista é um estado de espírito permanente.
Não se trata de azia, tanto mais que procuro ser justo, embora nem sempre o consiga, mas o tal estado de alma, não me permite que alguém considere bizarras as nossas justas esperanças, sem uma reacção defensiva, mesmo quando nem sei quem foi o Benfiquista que manifestou essa esperança.
De qualquer forma, ainda bem que se pode discutir sem baixar o nível. Nesse aspecto, foi um prazer "falar" consigo.
Saudações desportivas.